#44mostrasp: o extremismo documentado em Sibéria

Tarcílio de Souza Barros

Sibéria, um filme áspero, filmado pelo famoso cineasta italiano Abel Ferrara, exibe um cenário onde predominam invernos rigorosos com temperaturas de 30 graus baixo zero. Para este lugar — onde quase o ano todo a neve cobre planícies e montanhas — são enviados opositores do governo.

Cenas exibem campos de concentração onde os prisioneiros são torturados, espancados e mortos. Do lado de fora os habitantes no terrível frio se deslocam de um lugar para outro com trenós puxados pela matilha de cães. 

Com a chegada da curta estação de verão, a neve sumiu para dar lugar à verde vegetação; milhares de flores silvestres cobrem as planícies, tendo ao lado imponentes pinheiros exalando o odor do pinho.

O filme conta com excelente fotografia: em tons claros nas cenas da neve, e tons escuros acrescentando a dramaticidade da região com prisões repletas de presos políticos. Também conta com poucos diálogos. A segura direção dos atores faz dessa película uma nítida denúncia sobre regimes extremistas.

Serviço:

Filme: Sibéria

Itália/Alem. – Ficção – Cor – 132m. – 

Direção: Abel Ferrara

Premiado no Festival de Cinema de Berlim

Avaliação: Muito Bom

dgtvmidia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *