VERMELHO STEAM É HOMENAGEADO NO CCSP

Exposição em homenagem ao artista Vermelho Steam, o Centro Cultural São Paulo, em parceria com a Galeria Luis Maluf, aprensenta Relíquias: Vermelho Steam.

 A mostra exibirá as obras do artista, que faleceu precocemente por complicações decorrentes da Covid-19, e pretende mostrar ao público seus trabalhos em desenvolvimento nos dois últimos anos. 

Vermelho Steam, nome artístico de Cesar de Melo Ferreira, nasceu em 1975, na cidade de São Paulo. Suas primeiras inspirações vieram dos desenhos animados e histórias em quadrinhos. Em sua busca por introduzir um caráter lúdico e nostálgico às obras, o artista garimpou inúmeros materiais para enriquecer os trabalhos: selos, molduras, engrenagens, objetos antigos. 

As temáticas da era vitoriana e do steampunk induzem o espectador a um mundo de fábulas com cenários carregados de detalhes e novos personagens que nos parecem tanto familiares quanto desconhecidos. Os inúmeros recortes criam narrativas visuais imersivas que são convidativas à divagação e ao sonho. Sua obra conecta-se ao contemporâneo a partir da materialidade inusitada das peças e da familiaridade trazida por suas referências. 

Desenhista e artista plástico, Vermelho Steam tinha uma carreira sólida de mais de duas décadas, expondo em galerias e em murais de rua de São Paulo.

O artista era conhecido por ser um “criador de mundos” próprios dentro do grafite, com texturas e cores muito próprias que misturavam camadas sombrias de fuligem, inspirado pelo surrealismo alemão.

A exposição ficará até o dia 25 de setembro, no Centro Cultural São Paulo, Rua Vergueiro, 1000, de terça a domingo, das 11h às 18h, respeitando os protocolos de atendimento funcionando com 40% da capacidade. Evento com entrada gratuita.

dgtvmidia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *