#44mostrasp: ‘O Nariz ou a Conspiração dos Dissidentes’, de Andry Kharzhanovsky

A cabine de Imprensa da Mostra de Cinema trouxe aos jornalistas a possibilidade de avaliação crítica uma surpreendente criação cinematográfica vinda da Rússia. O Cartoon leva o nome de O Nariz ou a Conspiração dos Dissidentes.

Animação e ópera acompanham o reinado de terror de Josef Stalin — um dos mais sanguinários ditadores do mundo. O desenho foi inspirado no clássico ‘O Nariz’, escrito por Nikolai Gogol em 1836. Com trilha sonora de Dimitri Shostakovsky, a narrativa surrealista combina cenários históricos, biografias, personagens de época, compositores, escritores russos e fragmentos dos celebres filmes de Eisenstein como A Greve (1924), Outubro (1927) e O Encouraçado Potemkim (1928), além de fragmentos dos mudos de Dziga Vertov.   No desenho, um personagem perde o nariz (simbolicamente perde sua identidade com os interesses do Partido Socialista, e está sujeito a prisão e desterro); e quando o encontra, se salva da morte (aqui o simbolismo mostra sujeição às idéias do regime comunista).

No último quarto da animação aparecem os personagens que ornaram a Revolução Russa como Trotsky, Lenin, Stalin, e nos tempos modernos Putin. O compositor Shostakovisky foi nomeado pelo Partido Comunista como o produtor da música que iria servir os interesses políticos do estado totalitário.

Pelo Kremlim foi montada uma plataforma de endeusamento da figura de Josef Stalin como o salvador da pátria, e o populacho aderiu cegamente à propagando oficial que preconizava o socialismo. Para manter seu poder politico intocável o sinistro ditador contava com a famigerada policia KGB que perseguia, prendia, enviava os dissidentes para Sibéria, e outros sucumbiam a fuzilamentos em massa. Estudos comprovam que durante o regime estalinista foram assassinadas 30 milhões de pessoas.

Montagem impecável, ritmo cênico intenso, com economia de sequências, score musical operístico e perfeita estética dos traços do desenho, faz o filme se impor como obra digna do cinema.

Serviço:

Filme: O Nariz ou a Conspiração dos Dissidentes

Direção: Andry Kharzhanovsky

Rússia – Animação – Cor – 126 min. – 2020

Prêmio Especial do Júri no Festival de Annecy, França.

Premiado no Festival de Cinema de Roterdã, Holanda.

Avaliação: Excelente 

dgtvmidia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *