Programação das Fábricas de Cultura oferecem música, literatura e gastronomia

Foto: André Hoff 

As Fábricas de Cultura, iniciativa do Governo do Estado gerenciadas pela Poiesis, oferecem em janeiro uma programação animada e com atividades tanto no virtual como no presencial nas unidades da Zona Norte e Sul da cidade de São Paulo, além de Diadema. 

A programação gratuita conta com  oficina de poesia marginal, apresentações de músicos locais e gastronomia quilombola com o vencedor do MasterChef 2020,  Hailton Arruda.

Na Fábrica de Cultura Brasilândia, teatro e gastronomia são os destaques da programação. No dia 21 de janeiro, das 15h às 16h, o público poderá acompanhar presencialmente o espetáculo teatral “Quem Prospera Sempre Alcança”, realizado pela Próspera Trupe de Teatro. A produção une música, texto e encenação com uma linguagem de circo-teatro envolvendo a plateia em situações engraçadas sobre como alcançar os próprios objetivos e informações sobre empreendedorismo e planejamento financeiro.

Já no dia 28 de janeiro, a partir das 18h, o campeão do MasterChef 2020, Hailton Arruda, realiza a atividade “Gastronomia Quilombola” em que ensinará ao público do Facebook das Fábricas de Cultura a receita de um prato típico quilombola: um cozido de grão de bico e carne com especiarias utilizadas no continente africano.

A zona norte continua em destaque com as atividades da Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoerinha que fará exibições presenciais de curtas-metragens. No dia 19 de janeiro, às 15h, será exibido o curta “Brincadeirantes”, dirigido por Paulo Henrique Machado, que apresenta um dia vivido por crianças cadeirantes que vivem juntas. Além do cinema, a Fábrica também terá atividades voltadas para a música. Em comemoração ao Aniversário da cidade de São Paulo, no dia 20 de janeiro, às 15h, será realizado o show presencial da banda Sete Chakras, em formato voz e violão, e do Trio Café.

Na Fábrica de Cultura Jaçanã, o foco das atividades será a produção cultural em regiões periféricas. Por meio da oficina “Elaboração de Editais”, coletivos e artistas independentes das periferias aprenderão a como escrever seus projetos para editais e equipamentos de cultura. A formação será dividida em dois encontros, nos dias 18 e 20 de janeiro, das 19h às 20h30, e serão ministrados por Natália Santos. A oficina presencial recebe inscrições de 11 a 18 de janeiro.

Para quem ainda quer entender melhor o papel da cultura na cidade, o bate-papo “Giro Cultural em SP”, com o Coletivo Estética Urbana, é uma ótima oportunidade. No dia 27 de janeiro, a partir das 19h30, o coletivo convida o público para uma conversa sobre a constituição histórica da cidade de São Paulo, bem como seus principais pontos de cultura, gastronomia, lazer e turismo.

No dia 25 de janeiro, a Fábrica de Cultura Jardim São Luís recebe o encontro anual de dança na Zona Sul de SP. O evento presencial “Da Ponte pra cá, nós dança”, cujo nome refere-se ao título da popular música “Dá Ponte pra Cá”, do grupo de RAP Racionais MC’s, tem como proposta reunir os grupos das periferias da zona sul para um grande evento de trocas e atividades, workshops e bate-papos e batalhas de dança nos estilos Hip-Hop Dance e suas vertentes.

Reabrindo seus palcos para novos artistas, a Fábrica de Cultura Jardim São Luís apresenta no dia 29 de janeiro, às 16h, shows de Rafael Duaity e Fernanda Coimbra. Cantor e compositor, Rafael Duaity faz parte do time de compositores das gravadoras Som Livre e DeckDisc; já Fernanda Coimbra apresenta músicas autorais que vão do brega ao jazz e traz em sua voz musicalidade e interpretação.

Ainda na Zona Sul, a Fábrica de Cultura Capão Redondo abre no dia 18 de janeiro a visitação para exposição “Meios Antropofágicos”, do artista Evandro Jeronimus, mais conhecido como “Meio Herói”. Influenciado pelos cem anos da Semana de Arte Moderna de 1922, o artista “Meio Herói” compartilha por meio de uma exposição de quadros, suas pesquisas como professor-artista, os seus desdobramentos estéticos, a busca pela experimentação, a liberdade de criação e a inovação.

No dia 22 de janeiro, das 18h às 21h, o Slam Capão realiza a oficina “Poesia Marginal” na Fábrica de Cultura Capão Redondo. O encontro presencial buscará abordar temas como o porquê de a poesia marginal ter esse nome; a diferença da poesia marginal para a poesia erudita; e quem pode fazer poesia marginal. A oficina ainda contará com um espaço para troca de ideias e produção de poesias autorais.

A literatura também será pautada na Fábrica de Cultura Diadema com o encontro “O Palco é Livre”, com Léo Vaz e Pluratis, que reúne dança e intervenções artísticas. Léo Vaz canta poesias juntamente com o violinista Allan Spirandelli e nos intervalos o palco é livre. Serão dois encontros, um no dia 13 de janeiro, das 19h às 21h, e outro no dia 15, das 15h às 17h. Ambos serão realizados em praças na região central de Diadema.

A programação de janeiro ainda conta com atividades virtuais, transmitidas no YouTube e no SoundCloud, promovidas pelas Bibliotecas das Fábricas de Cultura. No dia 12 de janeiro, a partir das 11h, a Equipe de Biblioteca realizará a atividade “Literatura Africana de Língua Portuguesa”, que apresenta obras de autores de países africanos que têm a língua portuguesa como idioma oficial.

A atividade “Negrosia: Poemas e Poesias Negras”, ocorrerá no dia 17 de janeiro, às 11h, sendo apresentada pelo auxiliar de leitura José Henrique que conduzirá uma leitura de poemas e poesias de escritoras e escritores negros. No mesmo dia, mas às 14h, a Equipe de Biblioteca promoverá a atividade “Afasta de Mim esse Cálice: Canções de Resistência”. No formato de podcast, colaboradores da biblioteca conversam e debatem o contexto de algumas músicas brasileiras compostas e cantadas na época da ditadura.

Já no dia 18 de janeiro, às 11h, será disponibilizado um podcast em que a Equipe de Biblioteca realiza a leitura do conto “O que queima”, que faz parte do livro “Doramar ou a Odisseia” (2021), de Itamar Vieira Junior.

SERVIÇO 

Fábrica de Cultura Brasilândia

Quem Prospera Sempre Alcança

21/1 — sexta-feira — 15h às 16h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 100

Duração: 45 minutos

Local: Fábrica de Cultura Brasilândia – Av. General Penha Brasil, 2508 – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Gastronomia Quilombola

Com: Hailton Arruda, campeão do Masterchef 2020.

28/1 — Sexta-feira — 18h às 19h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Facebook

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Exibição de Curta – Brincadeirantes

Direção: Paulo Henrique Machado

19/1 — Quarta-feira — 15h às 15h30

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 20

Local: Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha – Rua Franklin do Amaral, 1575 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Show de Aniversário de São Paulo

Com: Sete Chakras e Trio Café

20/1 – quinta-feira – 15h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Para participar, basta comparecer na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha no dia e horário previsto para o show.

Expectativa de Público: 15

Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Local: Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha – Rua Franklin do Amaral, 1575 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Jaçanã

Elaboração de Editais

Com: Natália Santos

18/1 — Terça-feira das 19h às 20h30

20/1 — Quinta-feira das 19h às 20h30

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Inscrição Individual

Descrição do Público: Adulto

Informações sobre inscrições: Fábrica de Cultura Jaçanã: (11) 2249-8010

Inscrições: 11/1 a 18/1

Seleção: Por ordem de Inscrição

Vagas: 20

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Resistência Periférica apresenta: Giro Cultural em SP

27/1 — Quinta-feira às 19h30

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Descrição do Público: Jovens e adultos

Expectativa de Público: 50

Local: Fábrica de Cultura Jaçanã – Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Da Ponte Pra Cá, Nós Dança

25/1 – Domingo — 14h às 20h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 60

Atividade presencial.

Local: Fábrica de Cultura Jardim São Luís – Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Show com Rafael Duaity e Fernanda Coimbra

29/1, sábado – 16h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 15

Local: Fábrica de Cultura Jardim São Luís – Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Oficina de Poesia Marginal com Slam Capão

22/1 — Sábado — 18h às 21h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Necessário inscrições

15 vagas. Para informações sobre inscrições, entrar em contato com: @slamcapao

Expectativa de Público:50

Local: Fábrica de Cultura Capão Redondo – Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conjunto Habitacional Jardim São Bento – São Paulo/SP

Exposição: Meios Antropofágicos

18/1 a 30/1 — De terça a domingo — 10h às 17h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 150

Local: Fábrica de Cultura Capão Redondo – Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conjunto Habitacional Jardim São Bento – São Paulo/SP

*Protocolos de controle da Pandemia de Covid-19 seguem praticados.

Fábrica de Cultura Diadema

O Palco É Livre

Com Léo Vaz e Pluratis

13/1 — Quinta-feira — 19h às 21h

15/1 – Sábado — 15h às 17h

Local: Praça Lauro Michels – s/n – Centro – Diadema/SP

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Expectativa de Público: 100

Bibliotecas das Fábricas de Cultura (Virtual)

Literatura Africana de Língua Portuguesa

Com: Equipe de Biblioteca

12/1 — Quarta-feira — 11h às 12h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Youtube

Negrosia: Poemas e Poesias Negras

Com: Equipe de Biblioteca

17/1 — Segunda-feira — 11h às 12h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: Youtube

Afasta de Mim esse Cálice: Canções de Resistência

Com: Equipe de Biblioteca

17/1 — Segunda-feira — 14h às 15h

Faixa Etária: maiores de 12 anos

Plataforma: Youtube

Leitura do conto “O Que Queima” do escritor Itamar Vieira Junior

Com: Equipe de Biblioteca

18/1 — Terça-feira – 11h às 12h

Faixa Etária: Atividade Livre

Participação: Aberta ao Público

Plataforma: SoundCloud

dgtvmidia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.